Cumprindo compromisso de campanha, a diretoria do SINDSERV (Sindicato dos Servidores Municipais de Santos) dará início, no próximo dia 26 de agosto, a uma consulta popular na base, para saber se a categoria é a favor ou não da unificação dos dois sindicatos.

Ter apenas um sindicato é uma reivindicação de muitos trabalhadores da Prefeitura de Santos. Essa reivindicação vem à tona principalmente em época de campanha salarial ou em momentos onde discutimos questões fundamentais para a vida do funcionalismo. Nesta ocasiões, centenas de servidores se perguntam: ‘As diretorias dos dois sindicatos estarão unidas?’. Outros questionam: ‘Se a categoria é uma só, e é mais forte e respeitada quando está unida, para que dois sindicatos?’.

Na campanha eleitoral em fevereiro último, a atual diretoria se comprometeu a dar os seguintes passos em direção à Unificação:





1. Consultar a todos os servidores, sócios e não sócios dos sindicatos, por voto secreto nos locais de trabalho, se o conjunto quer ou não a unificação dos sindicatos.

2. Se o resultado da votação apontar para a unificação, a diretoria do SINDSERV registrará documento em cartório, pondo os cargos sindicais à disposição para a realização de eleição da diretoria do sindicato unificado.



3. Cobrar da diretoria do SINDEST a efetivação da unificação, com abertura de inscrição de chapas e eleição de uma direção sindical unificada.

COMO SERÁ A VOTAÇÃO:

Cada servidor votará em seu local de trabalho. Os aposentados e servidores da ativa que estiverem em férias, afastamentos e licenças (prêmio, médica, sem vencimentos) votarão na sede do SINDSERV. Os votantes poderão acompanhar, no mesmo local em que votaram, a apuração do seu setor. A apuração geral, que computará os votos de todos os locais de trabalho, também será aberta e em local a ser divulgado para a categoria. Para que haja lisura, a consulta será feita por voto secreto.



Por que fazer uma consulta pública?

Porque grande parte da categoria reclama da existência de dois sindicatos e porque somente a própria categoria pode decidir os rumos da sua representação sindical.

Santos é a única cidade do Brasil que tem dois sindicatos que formalmente representam.

Vale lembrar que o sindicato é o principal instrumento de organização e de defesa de uma categoria. Reajustes salariais, fiscalização da CAPEP e IPREV, discussão de planos de carreira, defesa contra assédio moral, combate à retirada de direitos, denúncia das terceirizações, defesa contra inquéritos, enfim, por dezenas de motivos, essa instituição é muito importante para o conjunto da categoria.

Unificar uma categoria para as lutas já não é fácil, e fica mais difícil quando existem sindicatos dividindo a base, ou um sindicato que se venda, tornando-se um braço do patrão para desmobilizar a categoria.



CHEGOU A HORA DA CATEGORIA DECIDIR


PARTICIPE, VOTE, E INCENTIVE SEUS COLEGAS A FAZEREM O MESMO

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.