O trabalho sujo encomendado pelo prefeito Papa para os vereadores terminou de ser feito nesta quinta-feira na Câmara.

Foi aprovada em 2ª discussão o projeto de lei complementar que reajusta em 6,5% o salário dos trabalhadores. Como na primeira etapa da missão, foram 14 votos a favor e 3 abstenções (a favor também) do projeto. Até mesmo o novo vereador , Eustázio Alves Pereira Filho  (PTB), que passou a ocupar a cadeira de Odair Gonzalez (PR), tratou de fazer sua primeira atuação como marionete da Administração Papa. No mesmo dia em que foi empoçado, Eustázio, que é servidor municipal, votou contra a categoria.

Contra esse tipo de política só as urnas podem dar a melhor resposta. 

Esse foi só o fim de um capítulo de uma história que ainda está em curso. A categoria fez o seu papel construindo a melhor campanha salarial dos últimos 15 anos, mas a jornada está longe de terminar.  O próximo episódio será resistir à retirada de direitos  representada pela proposta de Plano de Carreira do Governo.

PARABÉNS A TODOS OS SERVIDORES QUE LUTARAM!!

A HORA É DE RENOVAR AS FORÇAS E CONTINUAR NA BRIGA!!

  

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.